terça-feira, 17 de janeiro de 2012

Molotov com doce ovos

Confesso que para mim molotov sem doce de ovos não tem piada nenhuma. Fiz este para oferecer. Quem provou adorou. Uma receita simples sem segredo algum.

quarta-feira, 16 de novembro de 2011

Bolas de Berlim

Ingredientes:

  • 1 pacote de farinha branca de neve para brioche
  • 220 ml de água.
Esta farinha é indicada para a máquina de fazer pão. Como eu não a tenho segui minuciosamente as instruções da embalagem em modo manual. O segredo, na minha opinião é a massa levedar e repousar sempre em sítio quente. Eu previamente aqueci o forno 7 minutos , desliguei e deixei a massa fechada dentro do forno.
Para o recheio fiz creme de pasteleiro caseiro.Eu misturo uma caneca de leite, açúcar a gosto, sumo de limão, baunilha e pau de canela. Deixo isto ferver..a parte misturo cinco gemas com 80 gr de farinha Maizena ( tem de ser esta obrigatoriamente). Depois, quando o leite estiver quase a ferver, junto.lhe as gemas com a maizena. E depois mexo sem parar até borbulhar...Por último, passo a varinha mágica para o creme ficar brilhante e liso=)

segunda-feira, 13 de junho de 2011

Semifrio de frutos vermelhos

Este semifrio apesar de dispendioso compensa bastante. O mais caro é , sem dúvida, os frutos vermelhos. No entanto, vale a pena. Já tentei plantar frutos vermelhos no jardim, mas ainda não tive tempo.

Ingredientes:
Um pão-de-ló .  Eu uso esta receita: bato 6 gemas com 2 chávenas de açúcar , 7 colheres de água e 2 chávenas de farinha. Por ultimo, 6 claras batidas em castelo.

Creme:
  • 1 embalagem de frutos vermelhos 350 gramas ( eu uso os da iglo porque  são os que apresentam melhor qualidade, mas podem usar os do Intermarché ou Eleclerc). Trazem mais e são mais baratos.
  • 4 pacotes de natas
  • 1 lata de leite condensado
  • q.b aroma de baunilha
  • 8 folhas de gelatina.
  • 1 forma de aro amovível
  • leite ( medida lata condensado)
Preparação
Colocar os frutos vermelhos num tacho com 50 gramas de açúcar e deixe ferver até ganhar ponto, ou seja , até apresentar uma consistência considerável. Reserve. Ferva as natas com o aroma de baunilha , o leite condensado e o leite normal.Quando ferver deite a gelatina, previamente demolhada em água fria, e os frutos vermelhos. Mal ferva, desligue. Corte o bolo às fatias e vá construindo na forma camada de bolo e camada de creme*. Leve ao frio.

* dica: Deixe o creme arrefecer , ou seja, engrossar, para não correr o risco de este sair da forma.

Espero que gostem! Bom apetite!



quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

Pudim Da Su

Bem, ontem estava decidida a fazer um Pudim. Queria uma mistura de pudim francês com abade de priscos. Por isso, cá vai a receita:

  • 10 gemas de ovo
  • 2 ovos inteiros
  • 2 colheres de sopa bem cheias de farinha de trigo 
  • 1 lata de leite condensado
  • A medida da lata em leite
  • sumo de uma laranja 
  • uma forma caramelizada
Mexer tudo e levar ao forno a cozer em banho maria.

segunda-feira, 22 de novembro de 2010

Tarte de Maçã

A minha vizinha foi operada e encontra-se na fase de recuperação. Como no Domingo não saí - estava muito frio- aprovei e fiz-lhe uma tarde de maçã para o lanche.

A receita foi assim inventada , mas o resultado foi bastante agradável.

Ingredientes:

  • 5 ovos
  • 250 gr açúcar
  • 200 gr farinha
  • meio cálice vinho porto
  • meia chávena de óleo
  • meia de manteiga
  • meia de leite
  • 3 maçãs
  • 1 colher de chá de fermento
Bata os ovos com os ingredientes líquidos e depois envolva a farinha e o fermento.
Unte uma forma com manteiga e polvilhada com farinha. Deite a massa e espete a maça descascada e cortada em gomos finos. Polvilhe com açúcar e canela a gosto. Vai ao forno a 180 graus.

sexta-feira, 6 de agosto de 2010

Molotof, Molotov ou Pudim de Claras

Confesso que não  sou grande apreciadora desta receita. Mas o meu pai e o meu amor gostam bastante. Por isso decidi aventurar-me. Claro que pesquisei imenso, mas adaptei a minha receita ao meu gosto. E o resultado foi surpreendente.

Molotof
  • 10 Claras
  • 10+ 2 colheres de açúcar ( as colheres de açúcar acrescentam-se mediante as claras e no final acrescenta-se mais 2). É sempre o números de claras mais 2. Isto para dar consistência.
  • 4 colheres de caramelo, eu optei por fazer caseiro é mais grosso e sustenta melhor
  • meio sumo de limao ou laranja pequena mais raspa
  • caramelo
Creme de ovos:
  • as gemas que sobrarm das claras
  • 1 e meia de agua
  • 1 e meia de açúcar

Comece levar um tabuleiro com água quente ao forno. Vai servir para coser  o pudim em Banho-Maria. Barre uma forma com caramelo. Separe as gemas das claras. Reserve as gemas para o creme de ovos. Bata sem parar as claras quando estiverem bem firmes junte o açúcar, mas sem parar de mexer energicamente e no máximo. Junte a raspa e o sumo de meio limão ou laranja pequena. Acrescente o caramelo em fio sempre a bater. Bata mais um bocado.
Vá deitando colheradas da massa na forma enquanto alisa. Repita a operação até esgotar a massa. No final, bata a forma na bancada 3 vezes. Pelo meio abane. Isto para retirar todo o ar das claras. Meta ao forno entre a 9 a 15 minutos a 180 graus. Isto depende de forno para forno. Mal esteja com o aspecto dourado desligue. Nunca abra o forno enquanto está a coser. Desligue o forno e deixe o molotof dentro do forno, com ele desligado, durante meia hora. Sem nunca abrir. Controle pelo relógio. No fim da meia hora, desenforme e cubra com o creme de ovos que deve ser feito durante o tempo de cosedura.

Creme de ovos
Num tacho junte o açúcar e água. Quando ficar tudo em água junte as gemas ,uma por uma, sempre a bater para não coalhar. Deixe engrossar ligeiramente.